SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE CAMPINAS
SÍGA-NOS
NOTÍCIAS
06/12/2017

Contra a Reforma da Previdência, não vamos pagar essa conta!

É justo que os servidores/as depois de contribuir por tantos anos deixem de receber de acordo com o que contribuíram?


Os Brasileiros/as foram às ruas pedindo mudanças, não dava mais para tolerar a corrupção do governo. Os parlamentares aproveitaram as ondas de protestos e fizeram o impeachment, tirou o governo e colocaram o que aí está! Muitas coisas mudaram, mas para pior, temos hoje os maiores retrocessos previdenciários da nossa história.
 
Primeiro foi o enterro da CLT, 70 anos de conquistas, sofremos com as mudanças, agora para completar o caos, o presidente eleito sem votos, gasta milhões do dinheiro publico usando a falácia: “vamos acabar com os privilégios”!  Mas privilégios de quem? Dele e de seus comparsas que se aposentaram aos 54 anos de idade?
 
Esse governo tem ao seu lado os que o ajudaram no golpe do impeachment, a FIESP, partidos políticos aliados ea Mídia que divulga a grande mentira de que os servidores/as são os responsáveis pelo rombo nas contas públicas. 
 
O que esse Governo chama de privilegiados e responsáveis pela situação que estamos vivendo, na realidade é uma cortina de fumaça, tentam responsabilizar os servidores pela crise que eles mesmos causaram com a corrupção.
 
A população não sabe que os servidores são os únicos trabalhadores/as que pagam a contribuição depois que se aposentam, e que a intenção do governo é dar calote nos trabalhadores que tem mais de 15 a 20 anos de serviço público.
 
Na propaganda política o governo não esclarece que os Servidores/as que se aposentam contribuem sobre o valor integral dos seus vencimentos. É justo que os servidores/as depois de contribuir por tantos anos deixem de receber de acordo com o que contribuíram?
 
O Governo não diz que o capital de planos de previdência pertence aos seus contribuintes e não ao Estado, esconde que sua intenção é acabar com a previdência pública para favorecer ao mercado financeiro.
 
A intenção do Governo é empurrar a classe média para os planos de previdência privada que só visam o lucro e muitas vezes oferecem serviços de péssima qualidade, haja vista, a enorme quantidade de ações na justiça pelas péssimas prestações de serviços.
 
A reforma proposta pelo Governo tem o objetivo de acabar com a previdência pública e tornar impossível a aposentadoria, assim, a minoria que conseguir se aposentar ficarárelegadoà miséria por causa da redução nos cálculos dos benefícios.
 
Porque o Governo não divulgou no seu programa que a CPI da previdência comprovou não haver déficit? E que o Tribunal de Contas da União (TCU) também fez um relatório que afirma o equilíbrio do regime próprio do serviço público?
 
 
Nesse momento os trabalhadores/as devem fazer debates nos sindicatos, com a sociedade organizada, e trazer esse debate para dentro das famílias, afinal, também estão às margens dos seus direitos. Todos/as Contra a Reforma da Previdência!
 
Jadirson Tadeu Cohen Paranatinga
Secretário de Previdência da CTB

faceBTN
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
«1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12»
fotos
Evento Social de Natal
vídeos
Reforma da Previdência
SÍGA-NOS
ENDEREÇO: Rua José Teodoro de Lima, 49 - Cambuí - Campinas - SP FONE: (19) 3236-0665